Alterações na Vigência da LGPD

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin

É certo que todos aqueles que atuam ou se interessam pelo tema de privacidade e proteção de dados estão aguardando ansiosamente uma definição sobre a vigência da LGPD.

A MP 959/2020, que trata das medidas emergenciais relativas a COVID-19, foi aprovada pelo Senado Federal ontem (26/08/2020), porém com a supressão do artigo 4º que tratava da prorrogação da vigência da LGPD para 2021, esta questão restou prejudicada, não sendo votado pela Casa.

Em tese, sem a votação da prorrogação da LGPD para 2021, incluída na MP 959/2020, sua vigência retornaria à data inicial de 24/08/2020, mas considerando que houve alterações no texto-base da MP 959/2020, ainda é necessário a sanção ou veto do Presidente da República, o que deve ocorrer em até 15 dias úteis após o recebimento do projeto de lei de conversão nº 34/2020 na Casa Civil.

Então, somente após a sanção ou veto Presidencial é que a Lei Geral de Proteção de Dados entrará em vigor. Lembrando que as penalidades e sanções administrativas previstas na LGPD somente poderão ser aplicadas a partir de 01 de agosto de 2021, conforme definido pela Lei nº 14.010/2020.

Além disso, hoje foi publicado o Decreto 10.474/2020, que define a estrutura regimental e o quadro demonstrativo dos cargos em comissão e das funções de confiança da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), responsável pela fiscalização e aplicação da lei.

Ainda que as punições e sanções administrativas só possam ser aplicadas a partir de agosto do ano que vem, fato é que com a LGDP entrando em vigor nos próximos dias e com a estrutura regimental da ANPD já definida, possibilita que os titulares de dados comecem a exercer seus direitos abarcados pela Lei.

Sendo assim, com a eficácia da LGPD, há diversos pontos de atenção que todos aqueles que atuam no tratamento de dados pessoais devem ter, e ainda fica um alerta para aqueles que que até o momento ainda não se adequaram à nova Lei.

Eduardo Menezes, nosso especialista em direito empresarial e proteção de dados. Erica Hiromi, nossa especialista em direito digital.

Share

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin

Related content

STF em breve se posicionará sobre eventual (in)constitucionalidade das medidas atípicas de pressão para recuperação de créditos

A possibilidade de aplicação de...

Projeto de Lei Complementar 249/2020 – Marco Legal das Startups

Foi apresentado pelo Poder Executivo, no último dia 20, o Projeto de Lei Complementar nº249/2020...

Nomeação dos diretores da ANPD

Em continuidade aos trabalhos para estruturar a Autoridade Nacional de Proteção de Danos (ANPD), Órgão que será responsável por assegurar...
WP Feedback

Dive straight into the feedback!
Login below and you can start commenting using your own user instantly